Se nos últimos tempos conseguir uma boa vaga de emprego já está difícil, imagine para aqueles que ainda não possuem nenhuma experiência profissional e estão querendo ingressar no mercado de trabalho?

Por esta razão, é muito importante ter um bom currículo. Para as pessoas que nunca trabalharam, uma forma de turbinar o currículo e surpreender os contratantes é por meio da realização de cursos.

Se você não possui uma renda mensal suficiente para custear algum curso pago, é possível estudar de graça em instituições renomadas como o Senac. O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) oferece em todo o país uma série de cursos gratuitos, nas mais variadas áreas de atuação.

Dentre algumas das áreas que estão em ascensão no Brasil, uma delas é a da moda, que cada vez mais conta com maiores adeptos e investidores. Pensando nisso, o Senac conta com o curso de modelista em 2018.

Se você está pensando justamente em ingressar nesta área, continue fazendo a leitura deste artigo, onde traremos mais detalhe a respeito do curso de Modelista do Senac e das áreas de atuação desta profissão.

Curso de Modelista

O curso de modelista Senac é sem dúvida um dos cursos cuja carreira é uma das mais promissoras no país. Isso porque o Brasil está muito ligado à moda. Muito além do vestuário feminino, masculino e infantil, a profissão de modelista também faz a confecção de peças de cama, mesa e banho, e muito mais.

No curso de Modelista no Senac 2018, os alunos irão aprender a fazer a modelagem de peças básicas de vestuário, levando sempre em consideração a estrutura e as instruções da ficha técnica, bem como o sentido dos fios e o seu caimento.

O curso conta com a carga horária de 210 horas e os únicos pré-requisitos para efetuar a matricula são ter conhecimentos de cálculos básicos em adição, subtração, divisão e multiplicação; e ter um conhecimento no uso de máquina de costura.

A idade mínima do interessado é de 16 anos.

Como trabalhar no ramo da moda com o curso de Modelista

O curso de modelista oferecido pelo Senac proporciona uma série de possibilidades no campo de atuação.

O profissional que se formar no curso poderá trabalhar com a produção e vendas de artigos de moda, tais como vestuários adulto e infantil, e produtos de cama, mesa e banho.

As oportunidades vão muito além, pois o profissional pode não só trabalhar em uma empresa, mas como autônomo, criando o seu próprio empreendimento, podendo posteriormente atuar com exportação, comercialização por catálogo, loja física e e-commerce.

Como fazer a matrícula no curso de Modelista

Para fazer a sua inscrição no curso de Modelista do Senac, é necessário apresentar a seguinte documentação (original):

– Carteira de Identidade (RG)

– CPF.

Em relação à lista de materiais, o próprio site do Senac disponibiliza a lista dos itens que serão necessários no decorrer do curso.

Consulte as unidades do Senac que são próximas a sua região e verifique se as inscrições para o curso já estão abertas.

Os gatos são seres amáveis, maravilhosos e que encantam facilmente qualquer ambiente, especialmente quando bem cuidados e alimentados desde pequenos, o famoso bom trato! Mas como cuidar da alimentação dos gatos filhotes? Existem de fato recomendações especiais? Posso dar comida de humanos para eles? São muitas as perguntas!

Mas se você chegou até aqui é porque realmente deseja conhecer mais a respeito da alimentação dos filhotes de gatos e certamente encontrará informações relevantes aqui! Leia integralmente o artigo e conheça muito detalhes interessantes sobre o tema.

Os primeiros passos

 O seu primeiro contato com o gato filhote é fundamental para que todo o processo alimentar do gato seja bem construído e facilitado, portanto, preste bastante atenção nesses fundamentos e transforme seu gato filhote num tremendo campeão de saúde no futuro!

O passo fundamental é identificar o tempo de vida que seu filhote tem, ou seja, se ele for recém-nascido mantenha ele se amamentando na mãe! Nessa fase é o alimento mais completo que ele poderá receber! Contudo, se a mãe não estiver mais presente por qualquer motivo, sendo ele um recém-nascido, então converse com um veterinário a respeito das papinhas desmame. Tais papinhas são uma excelente opção na falta da genitora, garantindo ao filhote os níveis mínimos de nutrição que ele precisa para se desenvolver bem.

Note que essa fase é para recém-nascidos, ou seja, gatos de até quatro semanas de vida!

Nunca ofereça leite de vaca! 

Seja a fase que for jamais ofereça leite de vaca para o seu gato, pois esse é um mito que precisa ser desconstruído. Esse não é um alimento próprio para ele, podendo fazer até com que tenha intoxicações caso tenha alergia a lactose!

Após o procedimento descrito na fase de recém-nascido, siga a orientação a seguir.

Deixando a fase de recém-nascidos

 Quando o gato estiver se aproximando da quarta semana de vida ele já poderá comer alimentos mais sólidos e então será um bom momento para você introduzir aos poucos a ração para gatos na alimentação do seu felino.

Não troque a papinha desmame (ou o leite materno) do filhote por ração de uma vez, de forma abrupta, faça isso bem lentamente, misturando aos poucos e reduzindo a cada dia o teor da desmame até que só sobre a ração.

Existem muitas marcas boas de ração no mercado e que podem ser complementadas com sachês, petiscos, etc. Comprando em petshops ou agropecuárias devidamente legalizadas, você não correrá riscos, pois certamente elas só comercializarão rações adequadas, com níveis mínimos de valores nutricionais.

Posso dar comida de humanos para os gatinhos?

 Alguns alimentos até são liberados para os filhotes consumirem, geralmente algumas frutas e legumes, no entanto recomendamos que não entre nessa piração, pois você terá de ficar literalmente com uma tabela em mão identificando aquilo que o gatinho poderá ou não comer e isso aumentará muito o seu trabalho diário. Certamente, muito mais fácil é acostumar desde cedo o seu bichano a comer ração, que é devidamente balanceada e muito fácil de ofertar a ele diariamente.

Num determinado consultório médico da cidade, um prestigiado médico urologista dava uma entrevista para a TV local exatamente falando a respeito da ejaculação precoce e como ela, por incrível que possa parecer, ainda é um tabu para muitos homens, que relutam em buscar apoio para a resolução eficiente dos seus problemas.

Tal médico, que não convém dizer o nome dele no presente artigo, terminou a entrevista pedindo para que os homens deixassem essa vergonha de lado, pois quanto antes buscamos ajuda médica, mais fácil é o tratamento, pois:

  • Se a ejaculação precoce estiver sendo motivada por uma espécie de “problema mecânico”, retardar o tratamento pode até inviabilizar a cura!
  • Caso a ejaculação precoce estiver ocorrendo por conta de algum tipo de sensibilidade exacerbada local, os procedimentos serão bem mais eficazes quando iniciados logo, sem demora!
  • Se a ejaculação precoce for motivada por alguma questão psicológica, então retardar o início do tratamento é pior ainda, pois esse tipo de análise costuma a demorar e não tem uma previsão certa para acabar, dependendo de pessoa para pessoa.

Interessou? Continue prestigiando o artigo e conheça mais detalhes sobre o assunto!

O que dizer para minha parceira nesses momentos?

 Se você está preocupado com a manutenção da sua relação, afinal gosta muito dela e não quer perder esse romance exatamente porque não consegue dar o devido prazer a parceira, então chegou a hora de jogar limpo!

Não fique inventando desculpas pelas relações sexuais tão curtas! Certamente elas perceberão o seu preconceito e que não vão buscar uma solução tão cedo. E assim, não vão querer perder tempo e podem partir para outra. Portanto, coloque as cartas na mesa, fale a verdade, explique que acha que sofre de ejaculação precoce, que muitos homens têm isso, mas que já está se mobilizando para procurar ajuda e resolver definitivamente o problema.

 Quando devo buscar ajuda profissional?

 Muitos homens acabam adiando a busca de ajuda profissional porque não conseguem determinar esse tempo. Na verdade não existe muito mistério, pois a ejaculação precoce se caracteriza pelo frequente orgasmo antecipado do homem em quase todas as relações sexuais que mantém, muitas vezes não é necessário nem que haja penetração para que ele ejacule.

Por isso, se tal fato acontece esporadicamente então considere apenas como um sinal para ficar alerta e atento ao seu desempenho, contudo se ela for frequente, não relute, seu caso é mesmo de ejaculação precoce e precisa o quanto antes de ajuda profissional, seja de um médico urologista ou psicólogo. Pense nisso, não procrastine!

 As principais causas e tratamentos

 Normalmente as principais causas da ejaculação precoce são psicológicos ou fisiológicos. No primeiro caso, fatores como a ansiedade, depressão, traumas, medos, fobias e pânico podem desencadear o problema e necessitam do correto acompanhamento do psicólogo. No segundo, as causas fisiológicas, podem ser o resultado de uma sensibilidade exagerada na região peniana ou mesmo problemas de origem mecânica, sendo assim, há necessidade urgente de procurar um médico urologista para que esse determine o melhor caminho a seguir.

Não adie esse problema, faça como o médico que citamos na introdução desse artigo falou e busque logo uma solução para esse problema tão incômodo.%MCEPASTEBIN%

É notório que hoje vivemos numa sociedade onde o apelo visual é fortíssimo, portanto, qualquer estratégia de marketing digital ou quem sabe até deseja conhecer mais sobre o curso de marketing digital,  precisa pensar com muito carinho nesse quesito caso de fato queria que a investida seja um sucesso. Para tanto é fundamental entender como esse universo funciona, suas armadilhas e perigos.

São vários os exemplos que podemos citar de campanhas desastrosas que gastaram muito dinheiro e não obtiveram sucesso por conta de erros clássicos no apelo visual. Destaquemos algumas situações:

  • É necessário estabelecer no planejamento qual o público que se quer atingir, para só então determinar qual o tipo de apelo visual a ser utilizado, afinal aquilo que atrai visualmente uma criança pode não funcionar com um idoso de oitenta.
  • É obrigatório saber previamente quais serão as mídias utilizadas, pois o apelo visual tem resultados diferenciados em cada espaço.
  • É importante compreender a força do apelo visual e não extrapolar sua influência, pois isso poderá gerar um marketing reverso.

Continue lendo o artigo e entenda melhor todos esses detalhes:

Determinando o melhor apelo visual de acordo com cada tipo de público

Apelo visual

Leia também: Vale ou não vale a pena o curso de marketing para psicólogos

 É evidente que o apelo visual deverá ser direcionado para cada público-alvo, mas como assim?

Imaginemos o seguinte exemplo: eu pretendo lançar uma campanha de marketing digital para a venda de um smartphone especial para gamers, portanto, que tipo de apelo visual poderei usar? A resposta é vários, mas necessariamente algo que tenha relação com o universo jovem, afinal são eles os maiores consumidores desse tipo de produto. Nesse caso, podemos utilizar imagens mais radicais e até mesmo algo com certo apelo sensual.

Note que para o público com mais idade essa estratégia mais “descolada não funcionaria”.

Em contrapartida, hoje existe no mercado um celular bem simples, voltado para os idosos, que não possui muitos recursos e com um botão de emergência para comunicar o ente da família mais próximo em caso de perigo.

A campanha descolada não funcionária aqui, o público é outro e o marketing, nesse caso, precisa ter um apelo visual muito mais sério, como uma situação de risco por exemplo, onde tal celular ajuda a salvar vidas! 

Os apelos visuais mais adequados de acordo com a mídia a ser utilizada 

É fundamental sabermos previamente qual a mídia na qual o marketing digital será trabalhado, pois o apelo visual funcionará de maneira diferenciada em cada meio.

No facebook, por exemplo, o apelo visual consegue ser apresentado de forma bem mais natural do que em banners nos sites, ganhando inclusive mais visualizações. Contudo, nem sempre consegue passar a confiança que deveria e nisso os sites levam vantagem!

Sendo assim, a diagramação, os efeitos de imagem e até mesmo as cores podem ser o ponto decisivo para uma campanha dar certo ou não.

Supondo que um cliente queira que sua logomarca seja exposta num site de grande circulação. Contudo as cores da sua marca são totalmente incompatíveis com as cores utilizadas nessa plataforma. Então o que fazer? Adequar a plataforma à marca ou vice-versa? 

O apelo visual extrapolado e seu efeito reverso

 É necessário que o planejamento de qualquer campanha que vise o sucesso tenha essa preocupação, uma vez que já está comprovado que a superexposição de uma marca pode ter apelo visual cansativo e repetitivo, fazendo com que as pessoas se desinteressem por ela. Pensando nisso, é muito melhor e mais efetivo dividir uma grande campanha em várias pequenas campanhas ocasionais.

A importância de voltar a estudar depois dos 40 anos

Você já passou dos 40 anos e não vê mais importância em voltar a estudar? Saiba que você está totalmente equivocado, pare por 1 minuto, e reflita sobre sua vida, veja o que você conquistou e superou até aqui.

estudar

Após refletir sobre sua vida, acredito que tenha sido bastante difícil e sofrido para você sem estudo, provavelmente você não teve muitas oportunidades de trabalho por falta de trabalho, e caso tenha conquistado bastante coisas sem estudo, deve ter sido bastante trabalhoso. Nesse momento que você fez essa reflexão de como foi sua vida sem os estudos, pare mais 1 minuto, prometo que vai ser a última vez que peço isso, nesse 1 minuto, reflita como teria sido diferente sua vida se você tivesse estudado lá atrás, e como você estaria financeiramente, e não é só o dinheiro, hoje você estaria mais leve e com muito menos preocupação.

Desenvolvimento pessoal e profissional

Viu a importância dos estudos para seu desenvolvimento pessoal e profissional… Mas você se pergunta pra que você vai precisar de estudo depois dos 40 anos de idade. E eu te respondo da maneira mais simples possível, você não vai querer viver até os 50 anos somente, digamos que você tenha sorte e uma sobrevida de mais 50 anos, digamos que você irá viver até os 90 anos, estou jogando por baixo…

Imagine sua velhíce até lá, como você se imagina na terceira idade? O estudo não é só pelo fato de você conseguir boa oportunidades de emprego, o estudo te qualifica pra vida, abre sua mente e te traz conhecimento, com o estudo você poderá desenvolver um novo hobbie, conhecer novas pessoas, mostrar a sua família sua evolução como pessoa, além de muitos outros benefícios.

Oportunidades de graça para você voltar a estudar

O governo oferece inúmeras oportunidades para quem quer voltar a estudar, existe por exemplo o Encceja 2018, que é uma prova aonde você poderá obter seu certificado de conclusão do ensino fundamental e médio. Após ter seu diploma de ensino médio, você poderá fazer o Enem e tentar uma vaga em uma universidade pública ou privada com bolsa de estudo. E isso totalmente de graça, única coisa que você terá que ter é cabeça aberta para tirar o preconceito de que não pode estudar depois dos 40 anos, e ter bastante força de vontade e disciplina para estudar muito e superar todos os obstáculos.

Você está nessa vida apenas de passagem? Acredito que não, portanto arregace as mangas e dê um passo na sua vida, você pode mudar o mundo, volte a estudar e mostre para as pessoas sua evolução, você poderá mudar a vida de outras pessoas com seu exemplo. Boa sorte!

Ter diabetes não significa que automaticamente sofra de depressão. No entanto, está comprovado que as pessoas com diabetes estão mais predispostas a sentir-se deprimidas que aqueles que não sofrem de diabetes.

depressão e diabete

Depois de se diagnosticar diabetes, você sente que o mundo se vem acima com todas as suas alterações: exercício, dieta, exames médicos. Você sente que você deve controlar cada aspecto de sua vida: o que comer, a que horas, em que quantidade, o exercício que você faz, como viajar, o que fazer quando você sai para jantar fora, etc.

Além disso, agora que você é diabético, você tem que estabelecer uma relação muito próxima com o seu médico e você deve marcar no seu calendário as datas para seus visitantes de controle.

As palavras glicose, sangue, açúcar, dieta, carboidratos, complicações, peso, rondam o tempo todo em sua cabeça. Além de tudo, você pode estar se perguntando “por que eu?” Definitivamente, o fato de ter diabetes não é algo fácil de se assimilar.

No entanto, lembre-se que o choque do diagnóstico, é normal. Então, quando você é informado e entende do que se trata o ter diabetes e o papel tão importante que você joga você em controlá-la, você vai se sentir mais aliviado ou aliviada. Mas isso não significa que tenha fatores que aumentam o seu risco de sofrer de depressão.

Qual a relação entre o diabetes e a depressão?

Ainda não há estudos que definam a ciência certa, mas há maneiras de entender por que você se sente triste:

O trato diário do diabetes pode estressar (o que comer, a que horas, medir os níveis de glicose no sangue, da necessidade de perder peso, ter que estar visitando o médico, etc.)

O diabetes, quando não se controla cuidadosamente, causa complicações que podem gerar tensão e disparar os sintomas da depressão.

diabetes emotiva

A depressão pode causar que tomar decisões que não são boas para o seu diabetes como ter uma dieta pouco saudável, fazer menos exercício, o ganho de peso, fumar… todos estes são fatores que aumentam o risco de complicações da diabetes.

Se você está desanimado ou deprimido, você perde a habilidade de se comunicar e de pensar com clareza. Isso pode interferir em seu manejo da doença.

Como se vê, a diabetes e a depressão, não são uma boa combinação. Mas o bom, é que há solução. As mudanças em seu estilo de vida, bem como o super chá da vida funciona mesmo, e juntos podem aproveitar para tratar as duas condições. Você já ouviu falar que o exercício é bom para o humor? Sim, é claro! Isso faz com que trabalhar, ideal para combater tanto a diabetes como a depressão.

Se você tem diabetes ou algum de seus entes queridos é diabético, abra bem os olhos para identificar os sintomas de depressão e, para poder falar com o seu médico a este respeito. Estes sintomas incluem:

  • Perda de interesse nas coisas que costumava fazer anteriormente.
  • Disfunção Erétil.
  • Você acorda mais cedo que o normal e você não pode ficar para dormir (alterações nos padrões de sono ou dificuldade para conciliar o sono).
  • Tristeza e desesperança, em especial quando você acorda pela manhã.
  • Dificuldade para se concentrar e tomar decisões.
  • Alterações no apetite, o que pode levar a uma rápida perda ou aumento de peso.
  • Sensação de cansaço o tempo todo.
  • Dores de cabeça e nas costas que não têm explicação aparente.
  • Pensamentos suicidas.

Se sentir estes sintomas, não esteja em silêncio. Lembre-se que pode ter causas físicas para a sua depressão e o mau manejo do diabetes também afeta o seu estado de espírito. Durante o dia, o aumento do açúcar no sangue pode fazer você se sentir cansado e ansioso. A glicose baixa, pode dar-lhe muita fome e faz com que vírgulas em excesso. Durante a noite, se você tem a glicose em níveis elevados, pode ser que você se levantar várias vezes para urinar e você se sentir muito cansado no dia seguinte.

A depressão e a diabetes não fazem um bom casal, mas isso pode ser corrigido se você falar com seu médico e seguir um tratamento adequado.

Aspectos psicológicos relacionados com a diabetes

Muitas pesquisas apontam que a depressão e a ansiedade são os diagnósticos mais comuns entre pessoas com diabetes. De igual forma, também foram diagnosticados clinicamente com transtornos alimentares. Isso influencia significativamente em um pobre controle glicêmico, não cumprir com o tratamento médico, complicações na saúde, internações, risco em termos do coração e outras implicações.

A qualidade de vida de uma pessoa que foi diagnosticada com diabetes tipo 1 ou 2, pode-se ver afetada por vários fatores. Entre eles, a incerteza sobre o que vai acontecer e possíveis complicações futuras, frustrações diante de inexplicáveis níveis altos e baixos de glicose, bem como cumprir diariamente com o tratamento médico.

Isso, por sua vez, impacta a família, já que restringe o seu estilo de vida de diferentes formas. Por exemplo, quando você tem que colocar as injeções, o consumo de calmantes naturais, consultas médicas, mudanças no regime de alimentação e exercícios físicos, entre outros aspectos.

Em algumas ocasiões, é comum escutar comentários como “a diabetes me pesa, já não posso mais”, “me disso de estar a dieta” ou “me disso de aplicar as injeções”. A pessoa sente frustração, desânimo, raiva, estresse, tristeza, entre outras emoções.

Por isso, o poder dos pensamentos é extremamente importante, ao se deparar com os sintomas, tratamentos e complicações do diabetes. Provavelmente dizer: “Isso não é fácil” e é normal que tenha essa reação. Mas ter pensamentos e emoções negativas não ajuda em seu tratamento médico, nem a viver uma melhor qualidade de vida. Assim que, primeiro, você poderia começar a acreditar que você é mais forte do que a diabetes.

A vida testa você, mas talvez já te tem posto a prova em outras ocasiões. Por que agora você tem um pensamento derrotista se você já pôde vencer os sintomas da ansiedade e outras circunstâncias adversas? Às vezes, sem perceber, nós escolhemos o papel de “vítima” em relação ao diabetes e isso não nos permite cuidar de nossa saúde e levar a cabo o nosso tratamento.

Por isso, é melhor que você diga “eu tenho o poder e o controle sobre o meu diabetes“. Claro, esse controle também depende de suas ações, já que você deve continuar seu tratamento médico. Mas se você começa com um pensamento derrotista ocorrerá um efeito dominó.

Da mesma forma, se você se sente deprimido ou ansioso, isso pode te levar a não cumprir com o tratamento, ter falta de motivação, não ter um regime nutricional adequado e não fazer exercícios, o que o levará também a ter uma alteração na glicose, complicações de saúde e, provavelmente, estar acima do peso. Isso, por sua vez, pode afetar a relação com a família e amigos.

Muitas pesquisas apontam que, para melhorar a qualidade de vida de pacientes diabéticos teria que promover a prevenção com um tratamento psicológico adequado voltado para tratar a depressão e ansiedade. É por isso, por isso se faz necessária a presença da figura do psicólogo dentro da equipe multidisciplinar que atendem os pacientes de doença crônica.

transplante capilar em belo horizonte

O transplante capilar vem se destacando a cada dia. As técnicas são aperfeiçoadas e os pacientes estão cada vez mais satisfeitos. Atualmente existem duas técnicas principais para o transplante de cabelos em belo horizonte: a técnica FUE e a FUT.

Como é o transplante capilar FUE

A técnica se baseia em retirar os folículos capilares (isto é, o cabelo com raiz) de uma região e transplantá-la para outra região. Os fios são retirados e reimplantados no próprio paciente. Basicamente, há um conceito que já foi bastante estudado entre os especialistas de Belo Horizonte que é: Um cabelo com resistência a quedas em uma região do couro cabeludo, se comportará da mesma maneira se for transplantado para uma nova área. Na técnica FUE o médico especialista em transplante capilar irá retirar os folículos, um a um, e então estes serão reimplantados na cabeça do paciente em uma nova região onde ocorre a calvície.

As cicatrizes não são aparentes, pois como a ferida da incisão de onde foram retirados os folículos é muito pequena, fica uma cicatriz minúscula, o que permite ao paciente utilizar cortes curtos de cabelo, diferente da técnica FUT, em que uma tira inteira de couro capilar com folículos é retirada. Na técnica FUT os cortes de cabelos mais curtos deixarão a cicatriz visível, o que pode desagradar alguns homens.

transplante capilar em belo horizonte

Porém, as duas técnicas possuem vantagens e desvantagens.

Clínica de Transplante de cabelos em Belo Horizonte

Existem diversas clínicas de transplante capilar em belo horizonte. Um dos especialistas mais renomados da cidade é o Dr. Daniel Dourado, que atende em seu consultório localizado na região central da cidade.

Tags: transplante capilar em belo horizonte, alopecia androgenética, implante capilar, cura da calvície, clínica para tratamento da calvície, como funciona o transplante capilar, preço do transplante de cabelos, onde fazer transplante capilar em belo horizonte minas gerais

Os problemas relacionados com a ereção, também, conhecido em termos médicos como disfunção erétil. É preciso diagnosticar as possíveis causas é o que servirá de base para definir as estratégias de tratamentos para a impotência sexual.

Tratamentos para Disfunção Erétil

Uma vez que se sabe se está associada a alguma doença, como a Diabetes, ou algum vício, como o alcoolismo, estresse, ansiedade, depressão, visão afetada, entre outros, deve-se começar por controlar esses fatores associados.

Se, após isso, os problemas de ereção continuam existem diferentes tratamentos para a disfunção erétil, sempre começando desde os mais simples até os mais complexos.

Alternativas de tratamentos para a disfunção erétil

Os tratamentos para a disfunção erétil são indicados de acordo com a causa do problema. Desse modo, os tratamentos para a disfunção erétil devem ser associados a causa e a gravidade da mesma, lembrando sempre que em medicina cada doente pode ter uma resposta diferente diante de uma medida terapêutica.

As opções de tratamento são baseadas nas alternativas seguintes:

Mudanças no estilo de vida previne a disfunção erétil

As medidas mais efetivas para que não apareça a disfunção erétil é a prevenção, por isso é muito importante adotar práticas de estilo de vida saudáveis, como:

  • Evitar o tabagismo e deixar de fumar
  • Manter um peso saudável
  • Exercitar-se diariamente
  • Evitar o alcoolismo e o consumo de drogas
  • Alimentação saudável
  • Dormir 8 horas diárias
  • Recorrer à ajuda psicológica
  • Manter um exame sistemático de sua saúde
  • Verificar e controlar as doenças crônicas

Terapia psicosexual

A assessoria psicológica é muito importante nos casos de disfunção erétil, porque pode ocorrer um círculo vicioso entre a impossibilidade de conseguir a ereção e a repercussão que a mesma tem em o medo do fracasso.

A terapia psicológica e de casal está dirigida a cada um dos membros do casal a compreender que a satisfação sexual envolve um compromisso de ambas as partes, uma responsabilidade mútua.

Quando, além disso, há problemas nervosos, como estresse, ansiedade e depressão, é imprescindível a ajuda especializada, tanto para o homem como para o casal.

Medicamentos para a disfunção eréctil

Viagra ou Xtrasize

viagra originalSem nenhuma dúvida, se falamos sobre medicamentos para a disfunção eréctil temos um vencedor claro. Uma mudança transcendental no tratamento da disfunção erétil ocorreu em março de 1998 com a introdução do Xtrasize (viagra original) primeiro medicamento oral eficaz para o tratamento da disfunção.

Este tratamento exerce sua ação 20 minutos depois de tomada a tabuleta, e a sua ação se mantém durante 3 a 5 horas e pode chegar a 12 horas. O viagra não deve ser consumido com refeições ricas em gordura porque diminui a sua absorção.

Uso dos comprimidos de viagra é um dos tratamentos para a disfunção erétil mais eficazes.

Testomaster ou Levitra

Outro dos medicamentos para a disfunção erétil é este que te falamos agora. Em 2003, introduziu o Testomaster (Levitra) e relatou uma eficácia de 79% em homens com disfunção erétil média.

testomaster natural

As cápsulas do testomaster tem uma rápida absorção, o tempo médio de seu efeito é de 45 minutos, mas estão descritos casos de uma ação tão rápida como 10 minutos depois de tomada a pílula.

A ação do testomaster se mantém por 4 horas e, como no caso anterior, não deve ser consumido com alimentos ricos em gorduras, pois interfere na sua absorção.

Xtramaster ou Tadalafil

Este medicamento para a disfunção erétil, também foi introduzido em 2003, ganhou o nome popular de “xtramaster”. Sua meia-vida é de 17,5 horas, a ereção se mantém entre 12 e 36 horas.

xtramaster estimulante sexual

Em um estudo desenvolvido em mais de 1000 pacientes com disfunção erétil, verificou-se que o xtramaster realmente funciona e sua eficácia foi superior a 80%. Não parece que o consumo de comidas gordurosas interfira com a sua absorção.

Estes são os três medicamentos orais, mas empregados entre os tratamentos da disfunção erétil, os mesmos produzem um relaxamento da musculatura do pênis permitindo um aumento do fluxo de sangue e, com isso, a ereção. Esses produtos desencadeiam um composto natural que existe no organismo chamado óxido nítrico.

Estes medicamentos podem causar alguns efeitos colaterais como dor de cabeça, congestão nasal, dor de competições, indisposição gástrica e outros. A dose será ajustada de acordo com cada caso e com a sua situação particular.

Não é recomendável usar estes tratamentos para a disfunção erétil quando se tomam outros produtos que contenham nitratos tais como os utilizados para tratar as dores no peito. Também não se tem problemas de pressão arterial tanto alta como baixa, doenças hepáticas severas ou se está sob tratamento de diálise renal.

Estima-se que entre 25 e 30% dos homens submetidos a este tratamento, não produz os efeitos desejados ou não podem ser empregados por doenças ou pela ingestão de outros medicamentos.

Injeções

Quando os medicamentos orais não funcionam outra das alternativas de tratamentos para a disfunção erétil são as injeções de medicamentos diferentes no pênis, como o Alprostadil (prostaglandina E1) e o tratamento são eficientes para conseguir a ereção durante cerca de uma hora. Para a sua aplicação se utiliza uma agulha muito fina, a própria pessoa é injetado.

A injeção intravenosa destes produtos em diferentes formas comerciais está associada com uma resposta satisfatória em mais de 64% dos homens, pode provocar também priapismo (ereção mantida do pênis).

Ao empregar este método pode ocorrer um pequeno sangramento no local da injeção e com menor frequência pode levar à formação de tecido fibroso na área.

O Alprostadil é outra das opções terapêuticas dentro do grupo do tratamento para a disfunção erétil, neste caso, são colocados com dispositivos especiais, pequenos supositórios na uretra, do tamanho de um grão de arroz. A ereção dura entre 30 e 60 minutos, pode ocorrer um pequeno sangramento e a formação de tecido fibroso.

Terapias de reposição hormonal

Em alguns casos, a disfunção erétil pode estar associada a baixos níveis de testosterona no sangue, estes homens se precisa de um tratamento para a disfunção eréctil como uma terapia de reposição de testosterona. A testosterona pode ser fornecida através de injeções, adesivos, gel e tablets.

Alguns homens não respondem bem a um único tratamento para impotência. Possivelmente respondam melhor aos medicamentos orais, em conjunto com a terapia do pênis, terapia de reposição de testosterona ou ambas.

Em outros casos, os problemas hormonais associadas com um excesso na produção de prolactina (hormônio produzido pela hipófise) e é necessário bloquear a sua ação.

Apartamentos e casas com animais devem ter redes de proteção em janelas, escadas e sacadas, pois as redes evitam as quedas dos animais, além de evitar a passagem destes para fora da casa ou mesmo quedas de alturas.

Muitas pessoas acham desnecessário a utilização de redes de proteção pois podem fechar as janelas, mas é desconfortável em dias quentes manter as janelas fechadas, o que pode ser solucionado facilmente com a instalação das redes e telas de segurança.

Um risco muito comum, principalmente para os gatos, é que eles gostam de ficar nas janelas para observar e caçar pássaros, o que causa acidentes todos os anos com estes animais, envolvendo muitas mortes devido à queda. Além disso, as redes de proteção evitam que seu gato saia de casa para acasalar e “farrear” na casa dos vizinhos, o que pode causar até conflitos desnecessários.

Escolhendo e Instalando a Rede de Proteção

A escolha do tipo de rede de proteção, ou mesmo as grades, envolve vários fatores:

  • Qualidade e durabilidade da rede
  • Material utilizado (Poliamida ou Polietileno)
  • Material das Buchas
  • Tipo de ferro utilizado nos ganchos da rede
  • Cor e harmonia com ambiente (redes brancas são sempre uma boa escolha)
  • Tamanho entre as grades para evitar passagem de gatos pequenos
  • Tamanho para evitar entrada de pássaros e outros animais menores

As redes de proteção possuem um tamanho meio que padrão, mas dependendo de suas necessidades, você poderá escolher tamanhos menores para evitar que animais entrem e saiam de sua casa pelas janelas, portas etc.

Evite queda de animais nas piscinas

Muitos não sabem mas as piscinas podem ser facilmente cobertas com redes de proteção, o que evita a queda de animais e mesmo acidentes envolvendo crianças (uma das mortes mais frequentes de crianças é devido ao afogamento em piscinas no Brasil).

 

Instalação de Redes de Segurança em Curitiba

Em Curitiba uma empresa pioneira na instalação de redes de proteção dá dicas de segurança. Acesse o site agora mesmo e confira mais sobre o tema: Redes de Proteção Curitiba CWB Redes

calvície femininaInfelizmente, a calvície em mulheres ocorre com muito mais frequência do que gostaríamos.

Se você se encontra nesta situação, escolha de entre os vários remédios e terapias alternativas para vencer a queda de cabelo, que te propomos.

Remédios para a calvície feminina

Vários são os fatores que podem determinar a perda de cabelo nas mulheres:

  • Genéticos. A calvície é geralmente hereditária, embora este fator é mais comum no homem do que na mulher.
  • Emocionais: Atravessar uma fase de estresse no plano físico ou suportar uma grande carga emocional costuma ser a causa mais frequente de Alopecia, que consiste em uma perda abundante e repentina de cabelo.
  • Hormonais: Após a gravidez podem cair quantidades anormais de cabelo, embora se trate de uma situação temporária, e com a chegada da menopausa, além da perda de cabelo, este tende a se tornar mais fino.
  • Nutricionais: deficiência prolongada de vitaminas e minerais pode conduzir à perda de cabelo, especialmente quando essas deficiências são de vitaminas C e A, ferro e zinco.
  • Processo de envelhecimento. Com o passar do tempo, o envelhecimento e oxidação do organismo provocam o enfraquecimento dos folículos até o momento em que não são capazes de gerar novos cabelos. No entanto, este processo não tem por que ser definitivo.

Se você se encontra em qualquer um dos casos anteriores, você pode escolher entre as diversas opções dos seguintes remédios caseiros naturais e terapias alternativas para a calvície ou a queda de cabelo.

Aromaterapia para calvície feminina

Dissolver um total de 10 gotas de óleo essencial (pode ser utilizado um único ou a mistura dos três) diluído em uma colher de sopa de óleo vegetal portador, como o óleo de avelã, que fortalece o cabelo. E por fim, massagear o couro cabeludo.

Fitoterapia para calvície feminina

Infusão de urtiga.

Regenera o couro cabeludo e ajuda a evitar a queda, estimulando, além disso, seu crescimento.
Preparar a infusão derramando 4 ou 5 colheres de sopa da planta em meio litro de água fervente. Ferver em fogo brando durante 10 minutos e deixar repousar durante umas horas (melhor durante toda a noite).

Coar e usar esta infusão como loção no couro cabeludo, massageando suavemente. É conveniente fazê-lo diariamente ou antes da cinesiocantoterapia e, como mínimo, você deve realizar a massagem pelo menos 2 vezes por semana para notar seus efeitos

Tônico Capilar – Hair Loss Blocker

O tônico capilar hair loss blocker deve ser usado conforme indicado a seguir e aplicar depois do shampoo, em cada lavagem. Combate a caspa e ajuda previne a queda do cabelo. Além disso, melhora a aparência de todos os tipos de cabelos.

Dar 1 punhado de outro (folhas e flores), em meio litro de água fervente, deixando-se ferver durante cerca de 12 minutos. Em seguida, para preparar o tônico capilar hair loss blocker você deve adicionar meio litro de vinagre e deixar repousar a mistura 24 horas. Coar e engarrafar o líquido resultante e usado como tônico capilar.

Homeopatia para calvície feminina

Usar um ou outro produto em função da causa da queda do cabelo:

  • Lycopodium. Para a perda de cabelo após o parto.
  • Ácido fosfórico, se deve a um desgosto emocional.

Suplementos vitamínicos para calvície feminina

Aconselháveis os seguintes suplementos se têm deficiências crônicas ou deficiências desses nutrientes:

  • Vitaminas: A, C)
  • Minerais: Ferro e Zinco
  • Suplemento Follixin

Produtos da despensa para queda de cabelo feminina

Esfregar o couro cabeludo com óleo de rícino, antes de aplicar o shampoo pode favorecer o crescimento do cabelo.

Talvez a alternativa caseira mais sensata para combater a calvície feminina residente em um cuidado rigoroso de alimentação. Desta forma, podemos adicionar à nossa dieta:

  • Alimentos ricos em zinco, como sementes e frutos secos, legumes e cereais integrais, fígado, aves ou frutos do mar.
  • Alimentos ricos em ferro, como fígado, lentilhas, soja, sementes de girassol, algas Nori, levedura de cerveja, milho ou amêndoas.
  • Alimentos ricos em vitamina C: frutas como kiwi, morango, laranja e tangerina, amora, caqui; legumes, como brócolis, couve de Bruxelas, espinafre ou algas marinhas; frutos secos, como amêndoas ou pistache.
  • Alimentos ricos em vitamina A: Fígado de cordeiro ou carne, sardinha, bacalhau, lácteos (queijo fresco ou curado, creme de leite, manteiga ou margarina, iogurte ou leite de vaca), frutas (cereja, melão, pêssego ou damasco), vegetais (dente-de-leão, cenoura ou acelga).

Como sempre, a nossa recomendação é seguir a reconstrução capilar, se possível, produtos biológicos, uma vez que quanto mais natural for a sua cultura ou o sistema de produção, mais riqueza de vitaminas, minerais e outros nutrientes terão os alimentos.